Pular para o conteúdo

Correios evitam greve na véspera da Black Friday com acordo trabalhista

Correios evitam greve na véspera da Black Friday com acordo trabalhista

Os trabalhadores dos Correios decidiram suspender a greve que estava prevista para começar hoje, 23 de novembro, um dia antes da Black Friday.

A decisão foi tomada após a empresa apresentar uma proposta que atendeu a 12 das 26 reivindicações da categoria.

O acordo inclui aumento salarial, abonos, reembolso creche, licença paternidade, licença maternidade, auxílio-especial, entre outros benefícios.

Segundo a Findect, federação que representa os funcionários dos Correios, a proposta recuperou mais de 40 cláusulas que haviam sido extintas pelo governo anterior.

Com a suspensão da greve, os consumidores podem ficar mais tranquilos em relação às entregas das compras feitas na Black Friday, que acontece nesta sexta-feira, 24 de novembro.

A data é uma das mais importantes para o comércio eletrônico, que depende dos serviços dos Correios para a logística.

Os Correios afirmaram que estão operando normalmente em todo o país, com 100% dos empregados presentes, todas as agências abertas e todos os serviços disponíveis.

A empresa também disse que assinou o Acordo Coletivo de Trabalho pela primeira vez depois de sete anos em mesa de negociação.