Pular para o conteúdo

Gestor de tráfego ou afiliado: qual é melhor em 2022

gestor de trafego ou afiliado

Está pensando em investir em marketing digital, mas não sabe opta por ser um gestor de tráfego ou um afiliado digital? Então neste artigo vamos tirar as principais dúvidas envolvendo essas duas atividades.

Antes de mais nada, para crescer em qualquer um desses segmentos, você precisa se dedicar ao máximo. Assim, poderá obter os resultados desejados. Neste sentido, fazer um curso para afiliados eficiente, por exemplo, vai te ajudar bastante.

Mas, nos últimos anos muitas pessoas se perguntam o que vale mais a pena: ser gestor de tráfego ou afiliado digital? E é isso que vamos responder a seguir.

 

Gestor de tráfego e sua importância no mercado

Sendo bem direto, um gestor de tráfego precisa ser especialista em anúncios que são veiculados na internet. Por isso, ele trabalha basicamente com plataformas como Google ADS e Facebook ADS. Assim, este profissional precisa, acima de tudo, dominar e entender perfeitamente o que envolve essas plataformas.

Dessa forma, seu objetivo é atrair mais visitantes em determinada página da internet. Para isso acontecer, o profissional precisa operar as ferramentas com eficiência e agilidade. O gestor de tráfego atua em uma área chamada Gestão de Tráfego. De forma geral, ela consiste em uma estratégia do Marketing Digital.

Então, basicamente, um gestor de tráfego vai criar projetos e estratégias para veicular anúncios no âmbito digital, utilizando as plataformas certas para isso. Essa é uma área muito requisitada hoje em dia por empresas que buscam explorar mais o online.

Por outro lado, em alguns casos há falta de pessoal qualificado para exercer essa função. Pensando por esse lado, trata-se de uma área interessante de se investir. Mas saiba que a função de afiliado digital pode ser mais abrangente e abrir mais portas para você.

 

Afiliado digital: dinamismo e versatilidade

Um afiliado digital precisa dominar mais habilidades além das ferramentas de anúncios. Ou seja, essa é uma função mais ampla, que necessita de dinamismo e vasto conhecimento do mercado de atuação. Assim, um profissional que atua nessa área não apenas cria anúncios, mas exerce outras funções, como:

  • Criação de conteúdos para diferentes redes sociais, levando em conta o projeto e objetivo do cliente;
  • Copywriting visando uma comunicação persuasiva, de modo a alcançar o público-alvo e atraí-lo para a empresa ou campanha; 
  • Criação de lista de e-mails para a divulgação de campanhas e ações de marketing;
  • Criação de páginas de venda, direcionadas para o público específico; 
  • E ainda geração de tráfego por meio da utilização de ferramentas adequadas para cada tipo de ambiente. 

 

Dessa forma, um afiliado digital precisa dominar a função de gestão de tráfego também. Mas, por conta das suas demais habilidades, esse profissional consegue bater metas mais robustas em relação às vendas de um produto.

É por isso que, quando uma empresa cria uma estratégia visando vendas em larga escala, ela costuma optar por um afiliado digital.

 

Enfim, qual é o melhor em 2022? 

Muita gente procura saber quem ganha mais para depois decidir qual caminho seguir. Isso não é correto, pois a questão de ganhos é relativa. As duas profissões podem render ganhos bem altos, mas isso vai depender de vários fatores.

Acima de tudo, o desempenho individual de cada pessoa vai influenciar diretamente nos seus ganhos. Mas, um erro que muita gente costuma cometer é tentar seguir pelos dois caminhos. A dica aqui é: escolha um e invista nele primeiramente.

O excesso de informações no ramo digital pode ser um problema! Hoje em dia, o mundo online oferece infinitas possibilidades. Tentar abraçar todas elas é impossível. Por isso, escolha a área de maior interesse e busque a especialização. Se já tiver uma experiência prévia, melhor ainda!

 

A importância de ferramentas de anúncios

Google ADS, Facebook ADS e Instagram ADS são as principais ferramentas de anúncios online. Cada uma possui características específicas. A mais famosa é o Google ADS, por conta das suas inúmeras possibilidades. Mas as demais também são eficientes, levando em conta onde o seu público-alvo se encontra.

Porém, tanto um gestor de tráfego como um afiliado digital precisam conhecer muito bem essas plataformas de anúncios. Essas são ferramentas indispensáveis para o exercício dessas duas atividades.

O afiliado digital, por sua vez, utiliza em seu dia a dia outros recursos. Mesmo assim, dominar as plataformas de anúncios é primordial.

 

Consideração final sobre o assunto 

Então, para saber qual o melhor caminho a seguir entre ser um afiliado digital ou gestor de tráfego, avalie inicialmente seus objetivos. Hoje em dia existem cursos especializados para ambos os segmentos. Mas diante das exigências do mercado digital atualmente, investir para ser um afiliado pode ser o melhor negócio.

Assim, mais portas se abrirão para você crescer nesse segmento e haverá garantia de continuidade no trabalho. Até porque a área do marketing digital evolui anualmente. E isso fez com que as empresas percebessem que ela é fundamental para o crescimento das vendas.